Texto: Rita Perdiz

De Outubro a Dezembro, o gnration volta a surpreender a cidade de Braga, dando a conhecer um intenso programa cultural.

Photo by: Victoria Kovios©

Dedicado e orientado, tanto para promoção de actividades artísticas, como para a exploração e disseminação das artes digitais, o gnration voltará a surpreender a cidade de Braga, dando a conhecer um intenso programa cultural, repleto de concertos de cariz internacional e nacional, instalações, workshops, para além do já habitual programa de serviço educativo.

Ao longo do ano, o gnration apresentou um forte programa, não fossem incluídos nomes como Xiu Xiu, Jenny Hval, Ryley Walker, The Field ou The Legendary Tiger Man. Seguem-se então três meses que darão por concluindo um ano em cheio.

Em termos musicais, o gnaration dará as boas vindas a alguns dos melhores nomes da atualidade do mundo da música, sendo mesmo alguns deles potenciais candidatos aos melhores disco de 2017. Falamos de nomes como Forest Swords, o produtor britânico, que quatro anos após o lançamento do adorado Engravings, regressa, no dia 29 de novembro, à cidade de Braga com o seu novo disco Compassion.

Contudo, foi no dia 4 de outubro que gnration arrancou com tudo, prometendo não parar.

Começando por um espetáculo comemorativo dos 25 anos da obra Mutantes S.21, o histórico disco dos tão aclamados Mão Morta. Um concerto inserido na Braga Music Week, 7 dias dedicados inteiramente à musica produzida pelos artistas Bracarenses. Assim, vários artistas oriundos da cidade levaram a palco “Braga a tocar Mão Morta”, um espetáculo único de homenagem ao grupo de Adolfo Luxúria Canibal.

O gnaration tem então o prazer de anunciar nomes como de Robert Aiki Aubrey Lowe, ou Lichens, como também é conhecido, que toca pela primeira vez na cidade de Braga, apresentando os dois novos discos Two Orb Reel (More Than Human Records) e Kulthan (Latency Records); Shabazz Palaces, o duo de hip-hop constituído por Ishmael Butler e Tendai Marare apresenta os novos álbuns Quazarz: Born on a Gangster Star e Quazarz vs. The Jealous Machines. A primeira parte deste concerto a realizar-se na Blackbox estará a cargo de Ângela Polícia, projeto hip-hop de Fernando Fernandes, vocalista dos bracarenses Bed Legs, que este ano se estreou a solo com Pruridades.

Nomes aclamados como Kevin Martin (The Bug) e Dylan Carlson (Earth), farão, igualmente parte do programa musical, apresentando Concrete Desert no dia 8 de novembro.

A passagem do norte-americano Laraaji no dia de 7 de novembro será um marco místico na historia do gnration pois, para além de trazer os discos que editará este mês Sun Gong e Bring on the Sun, um dia antes, a 6 de dezembro, dará um workshop de meditação e riso.

O gnration recebe ainda a passagem do festival SEMIBREVE com atuações de Kyoka, Karen Gwyer, Rabih Beaini e Sabre, ente os dias 27 e 29 de Outubro. Em novembro, a 17 e 18, será a vez do Festival Para Gente Sentada, que pelo terceiro ano consecutivo decorrerá na cidade de Braga. Já a 25, receberá a segunda edição do OCUPA, evento que visa promover uma perspetiva sobre a produção artística nos domínios da música eletrónica e arte digital por artistas oriundos ou residentes em Braga.

A fechar o ano, o gnration propõe o Club de Inverno, um conjunto de sessões informais de exploração e improvisação audiovisual abertas a toda a comunidade.

Impossível esquecer também o serviço educativo que gnration prepara com workshops e atividades para todas as idades.

Para assistir aos espetáculos, basta adquirir os bilhetes em em gnration.bol.pt, balcão gnration e locais habituais.

Fala connosco, dá-nos a tua opinião!