Texto: Bruno Figueiredo

De Abril a Maio, Paulo Furtado leva “How To Become Nothing” a terminar a viagem pelo país.


A caminho de um novo álbum, Paulo Furtado, mais conhecido por The Legendary Tigerman, viajou durante 12 dias entre Los Angeles e Death Valley, pelo deserto californiano de Joshua Tree, na companhia da fotógrafa Rita Lino e do realizador Pedro Maia. Desta viagem e da recolha de imagens através de fotografia, filme e Super 8mm, nasce um projecto mais abrangente que dá lugar à longa-metragem “Fade Into Nothing”, que estreia a 7 de Maio no âmbito da competição nacional da 14.ª edição do IndieLisboa.

A experiência, foi então tornada no cine-concerto do road-movie “How To Become Nothing”, uma experiência que chega, desta vez, à estrada nacional, com uma tour que levará o cine-concerto de norte a sul entre 14 de Abril e 31 de Maio.

“Ao vivo The Legendary Tigerman executa a banda-sonora do filme, enquanto Pedro Maia faz manipulação em tempo real das imagens. “How To Become Nothing” é um falso diário de um homem que, mais do que desaparecer, procura chegar a nada, ser nada e abraçar a vacuidade como forma de encontrar o todo.”

No Porto, a apresentação está marcada para dia 6 de Maio, no Passos Manuel, com sessões às 19h e às 22h30, e em Lisboa, dia 19 de Maio, no Cinema Nimas, com sessões às 21h30 e às 00h. O cine-concerto que já tem percorrido o país, entra agora na sua recta final com apresentações em Coimbra, no dia 18 de Abril no Conservatório de Música de Coimbra, incluido no ciclo Formas 2017, e ainda no Fundão, Guimarães, Viana do Castelo, Porto, Lisboa e Seixal e termina a sua viagem a 31 de Maio decorre uma apresentação única em Paris, no Centro Cultural Le 104.

Fala connosco, dá-nos a tua opinião!