Texto: Adelaide Martins

A 3ª edição do Sons da Cidade começa já amanhã (25/6). Saibam tudo, ao pormenor, aqui.

O Sons da Cidade segue, este ano, para a sua 3ª edição –  de 25 de Junho a 4 de Julho, com exposições, teatro, música e muitas outras actividades. Uma vez mais, visa celebrar a Universidade de Coimbra: Alta e Sofia.

O tema deste ano evoca a Memória, com a abertura de um Museu Temporário de Memórias, no Beco da Rua Velha:

“Criar um espaço em (in)constante espera: procurar, ligar e transformar. Este museu guarda o mais imprevisível: as experiências pessoais enquanto participação inventiva e possibilidade estética, o longo espaço-tempo do incompleto processo de conhecimento dos comerciantes e habitantes da Baixa, as suas estórias e os objectos enquanto partilha apaixonada de sentidos comuns.

Além do Beco da Rua Velha, outros locais serão uma referência na edição de 2016 do Sons da Cidade. São eles: Escadas do Quebra-Costas, Largo do Romal, Pátio da Inquisição, TEUC (edificio da AAC), Casa das Caldeiras, entre outros!

E, como anteriormente foi referido, não só de música se faz o evento, destacando-se no alinhamento algumas performances teatrais, exposições, leituras, entre muitas outras acções. Na música, espalhada por alguns dos sítios mais icónicos de Coimbra, destaca-se, inevitavelmente, Samuel Úria e João Hasselberg. Mas há mais!
Segue o programa completo do evento:

Fala connosco, dá-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.