Texto: Bruno Figueiredo

O mítico programa de rádio de Fausto da Silva e Nuno Ávila celebra um aniversário especial com mais um festival, desta vez durante um mês inteiro.

16508038_1200542663387313_1067802911273539716_n


Já partilhámos muitos concertos, conversas de café e boa música com os nossos 2 amigos Fausto e Nuno, os responsáveis pelo programa Santos da Casa, que há 25 anos passa pelos nossos ouvidos através das ondas FM da RUC.

Este ano, a dupla mais dinâmica da rádio nacional, celebra novamente a música portuguesa com mais uma edição do seu, também consagrado, festival, desta vez a decorrer de 25 de Março a 25 de Abril. Um mês inteiro cheio da melhor música nacional, nos mais variados palcos de Coimbra; é a proposta que nos trazem.

As festividades começam já este fim-de-semana ao som dos Basorexia Army – no dia 25 de Março, no corredor da RUC-, que chegam de Aveiro trazendo a sua irreverência e sonoridade electro-pop às costas. Depois, no dia 26, a matiné fica a cargo da equipa do Sofar Sounds Coimbra, mas não esperem saber grande coisas dado que tudo é uma grande surpresa, como sempre.


Dia 31 de Março é dia de estreia do novíssimo disco dos The Poppers, de nome “Lucifer”, no Salão Brazil. O rock, sem estribeiras nem preconceitos, tomará conta da sala maior da música em Coimbra, com um trabalho que conta também com o cunho de um dos filhos da cidade, Paulo Furtado, mais conhecido por The Legendary Tigerman.

Abril começa, depois, ao som do Hip-Hop nascido em Coimbra, com a voz e os ritmos de Haka, membro da Vasconcelos Crew que avança a solo com a estreia do seu “Purga”, e que vai passar pelo corredor da RUC no 1º dia do mês. Segue-se depois, no dia 2 de Abril, uma passagem de Criatura Azul pelo palco da cafeteria da FNAC Coimbra, onde cinco dias depois, a 7 de Abril, os Naked Skin mostram como a sua electrónica mais profunda tem lugar sobre todo e qualquer palco desta cidade ou do país.

No dia 8 regressamos ao Salão Brazil, numa noite ao som da poderosa voz de Raquel Ralha acompanhada pelas teclas de Pedro Renato, com quem partilha a formação do projecto The Mancines.


Os Les Saint Armand serão o projecto que, mais tarde, no dia 14 de Abril, subirá também ao palco do Salão Brazil, para nos trazer as suas melodias suaves e letras enigmáticas. Já no dia 21 poderemos encontrar os Sweet Nico a ecoar pelos corredores da Associação Académica, aquando do seu concerto no corredor da RUC onde poderão viajar na sua sonoridade que vai passeando pelos domínios do rock, electrónica e pop, sempre com um ligeiro tom de psicadelia.

Os últimos dias de festival dão espaço também às conversas sobre a música e os seus meios envolventes. Às 16h00 da tarde de dia 22, encontramo-nos no Aqui Base Tango para falar sobre editoras independentes, no dia em que se celebra o World Record Store Day e, esta casa da música em Coimbra, abre portas ao mercado da música independente com um conjunto de bancas espalhadas pela mesma contando com a participação da Lux Records, Omnichord Records, Pataca Discos e Lovers & Lollypos. A tarde será ainda complementada com o concerto de O Gajo e Dj Set Santos da Casa a partir da meia noite. Depois no dia 24 de baril, pelas 22h, o Salão Brazil receberá Maze e o seu hip-hop que nos tem animado desde a era dos Dealema.


Por fim, terminam-se as festividades ao som de Lince, o novo projecto da ex-We Trust Sofia Ribeiro, com uma conversa sobre os festivais em Portugal. Tudo isto no dia 25 de Abril, pelas 18h00, na Fnac do Fórum Coimbra.

17435894_1236805696427676_7747415298566486996_o

Como podem ver, a escolha não é pouca e há música para todos os gostos, num festival que tem só e apenas uma única limitação, a de ser lar para música feita em Portugal. Por isso, venham celebrar 25 anos de muita música e muita rádio, de 25 de Março a 25 de Abril (há aqui uma temática, parece-nos) e pode ser que se acabe cantando liberdade. Não vão querer faltar!

Fala connosco, dá-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.