Já dizia o meu avô, “filho de peixe sabe voar”.

Os nossos convidados desta semana voam mais alto que um balão de ar-quente; mais rápido que um F16 e, podemos assegurar, mais pontuais do que a TAP PORTUGAL.

Esta semana, os peixe : avião aterraram na base aérea d’O Corpo é que Paga, trazendo na bagagem “Peso Morto” de vida, eletricidade, fumo e combustão. Nestas aventuras celestes, ainda houve tempo para uma escala em Leiria, com um acústico dos Stone Dead, e um salto ao calor dançante dos Throes + The Shine.

PS: Qmd ter um drone!

Fala connosco, dá-nos a tua opinião!