Texto: Rita Perdiz

Está confirmado: dia 27 de Outubro Martin Carr edita o seu terceiro disco em nome próprio e o segundo do artista editado pela Tapete Records.

© Mary Wycherley

New Shapes of Life mergulha mais fundo que o álbum anterior do artista, alegando que no seu último trabalho, The Breaks, lidou com sentimentos de separação do mundo que o rodeia. Consciente de uma composição simples guitarras, teclas e bateria mas, por algum motivo, não entende, a insatisfação no final do disco paralela ao momento em que o começou a compor.

Tudo mudou aquando a morte de David Bowie. Até ao dia 10 de janeiro de 2016, Martin Carr, passava horas no seu estúdio a escrever musicas que não chegavam a lado nenhum, sentindo-se assim inútil. No dia da morte de Bowie, Carr mergulhou fundo no trabalho de ums dos seus ídolos, percebendo a importância de se exprimir através dum determinado meio, fazendo com que refletisse sobre a sua vida e nos anos que tinha desperdiçado a viver a vida dum artista mas a negligenciar a arte. É com este pensamento que nasce New Shapes of Life. Procurando uma voz e um som que fosse só seu, Martin Car, no Inverno de 2017 grava um novo single, “Gold Lift”, inspirado na fotografia de Donald Trump e Nigel Farage tirada no dia a seguir à eleição presidencial.

New Shapes of Life representa uma mudança na vida de Martin Carr, que pela primeira vez cria uma obra onde todas as letras fazem sentido e são verdadeiras.  É assim o primeiro disco que soa a Martin Carr e, certamente, não será o último.

Fala connosco, dá-nos a tua opinião!