Depois da Páscoa e de enchermos o bandulho de folar e amêndoas, não há melhor forma de gastar as calorias. Uma festa de dois dias na cidade de São João da Madeira, em que o Domingo fica para descansar.

aaa


Na sede do mais pequeno município português, a Oliva Creative Factory acolhe mais uma vez o Party Sleep Repeat. O festival de música e cultura que nasceu de um tributo a Luís Lima, marca para os dias 22 e 23 de Abril a sua 4ª Edição.

Party Sleep Repeat, que desde o início tem um cuidado especial com a programação e com a imagem, pode-se dizer que neste momento é a maior promessa cultural da cidade. Na edição anterior, Linda Martini, Cave Story, Black Bombaim e Moullinex levaram cerca de 1500 pessoas de todo o país a São João da Madeira. A terceira edição do festival de música da Associação Cultural Luís Lima bateu assim o recorde de adesão e conseguiu angariar quase 7000 euros, que reverteram para a Associação de Jovens Ecos Urbanos.

O Festival que ganhou este ano o prémio de melhor festival indoor da Península Ibérica pelos Iberian Festival Awards, promete fazer dançar e suar com um cartaz invejável. Para o primeiro dia estão confirmados PAUS, Basset HoundsHoly Nothing, The Miami Flu e MVRIA. Já no segundo dia contamos com alguns nomes conhecidos como Capitão Fausto, XINOBI e Equations, assim como com os Ganso e os Bandido$.

PAUS não precisa de grandes introduções. O quarteto português com sede em Lisboa lançou em Fevereiro o seu segundo longa duração, «Mitra». Joaquim Albergaria, Hélio Morais, Makoto Yagyu e Fábio Jevelim, apesar de com sonoridade renovada, não deixa de prometer bons ritmos para libertar as energias.

Pedro Rodrigues, Nelson Silva e Samuel Gonçalves são os responsáveis pelo projecto Holy Nothing. O trio, iniciado em 2012, após o lançamento do EP «Boundaries», apresenta o LP «Hypertext», um dos escolhidos para álbuns do ano 2015 pelos redactores de música do Espalha-Factos.

The Miami Flu são ainda novos por estas andanças, com o seu primeiro concerto agendado para 8 de Abril no Porto. A nova banda de rock psicadélico, que conta com Pedro Ledo na guitarra e voz, Tiago Sales no baixo, Tiago Campos na bateria, e João Vilar nas teclas, apresenta o seu disco de estreia «Too Much Flu Will Kill You».

Maria – MVRIA – nasceu e vive no Porto, onde está habituada às mais diferentes pistas e públicos. A dj que frequenta as cabines dos clubes há mais de 5 anos para apresentar as suas sonoridades puramente electrónicas já foi responsável por festas no Plano B, Lux e Porta Onze.

Cinco rapazes dão origem a Capitão Fausto. A banda de Lisboa tem sido uma das mais reconhecidas na música portuguesa dos últimos anos, e prova disso são os seus dois álbuns editados, «Gazela» e «Pesar o Sol».

XINOBI é Bruno Cardoso, que apresenta o seu som único e versátil nas categorias do disco, techno, house e electrónica. Autor de boas festas por vezes com aroma a abacaxi, já passou por várias salas e discotecas como, por exemplo, TWIIT e Lux Frágil. O músico português é também conhecido pelo seu trabalho em conjunto com Moullinex, Discotexas.

O quinteto português Equations, depois de um primeiro álbum que explorou os campos do rock e post-hardcore, apresentam «Hightower». O segundo trabalho é o resultado de um revivalismo de sonoridades e guitarras dos anos 70 e foi seleccionado para os melhores álbuns do ano de 2015 pela Vodafone FM.

Falta menos de um mês para começar este festival que une cultura e solidariedade e os bilhetes já estão disponíveis online na Last2Ticket, sendo os diários de 7€ e os gerais de 12€. A receita da bilheteira irá reverter para causas sociais.

E não se esqueçam party, sleep and repeat!

Fala connosco, dá-nos a tua opinião!