Texto: Mariana Martins | Fotografia: Beatriz Aguiar & João de Sá

Num Sábado solarengo à tarde, a antiga esquadra polícia de Coimbra abrigou mais uma vez os Concertos Erro Crasso.


Para abrir para Jibóia os FUGLY, vindos do Porto, trouxeram o seu garage rock. Os jovens rapazes, que tiveram o seu concerto de estreia há menos de duas semanas, vieram chamar a Primavera e prometem que vêm para ficar.

Óscar Silva aka Jibóia, dois anos após o seu primeiro álbum, apresenta agora «Masala», o segundo LP lançado a 8 de Fevereiro. Junta-se desta vez ao baterista Ricardo Martins para criar 8 canções que nos encantam e atraem. Numa mistura de especiarias, aromas e ritmos orientais, que junta o rock, transe e psicadelismo, a cobra enrola-se à nossa volta. Hipnotiza-nos e transporta-nos para outros lugares que vão além do médio Oriente, tal como os títulos das novas músicas nos indicam a “São Paulo”, “Lisboa”, “London”, “Luanda” e “Oslo”. E não poderíamos imaginar melhor cenário para este concerto que na esplanada a ver o pôr-do-sol.

Mas calma que o dia ainda não acaba aí. Às 22h inaugurou-se a exposição «UUUUHHHH» de Cristina Viana, que estará patente até dia 19 de Abril. Na primeira sala à direita (mais especificamente a sala que tem nuvens), Cristina apresenta-nos as suas ilustrações envolvendo cores fluorescentes e tendo como o sexo a temática predominante.

A inauguração foi sucedida por uma festa, esta já no andar de cima, contando com a presença de OO djs e Balboas Connection.

Fala connosco, dá-nos a tua opinião!

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.