O projeto resultante da Braga’12: Capital Europeia da Juventude assinala três anos de existência com as portas abertas e um leque variado de iniciativas culturais.

img_gnration


Foi debaixo da alçada artística do programador Luís Fernandes que, durante os últimos dois anos, o programa cultural do gnration tem marcado diferença com uma aposta vincada na música contemporânea e nas artes digitais, destacando assim Braga no mapa cultural nacional e internacional com um conjunto de acções que passaram por concertos, residências artísticas, exposições, instalações, serviço educativo e espetáculos de comunidades.

Nome de referência tais como Panda Bear, Lee Ranaldo ou Bonnie ‘Prince’ Billy estão entre as dezenas que se apresentaram ao longo deste período no quartel general da cultura bracarense, no antigo Campo da Vinha. Só em 2015, 11 mil pessoas passaram pelo gnration, provenientes de vários pontos do país e Galiza, números estes repartidos por mais de 70 eventos que incluíram mais de meia centena de artistas nacionais e internacionais. Já no serviço educativo, uma grande aposta na programação da casa, cerca de 1500 jovens participaram nas variadas atividades de cariz pedagógico e ainda no mesmo ano, o espaço albergou pelo segundo ano consecutivo o festival de música eletrónica SEMIBREVE e a estreia na cidade do Festival Para Gente Sentada.


Para além da forte componente cultural, a casa engloba ainda nas suas instalações a Startup Braga e a Loja Europa Jovem.

A data marcada para o início das celebrações é 30 de abril, data esta que contará com concertos das bandas portuguesas Sensible Soccers, Glockenwise, PZ e Filho da Mãe, assim como dj sets, exposições, instalações e oficinas para os mais novos, entre outras atividades naquele espaço que se tornou um polo de referência cultural no país.

O gnration open day arranca logo pela manhã com atividades com workshops, oficinas e duas sessões da Melopeias, um espetáculo de música dirigido a crianças. Depois haverão exposições, instalações e projeções de documentários ao longo de todo o dia e terminarão com dj sets a cargo de elementos dos Sensible Soccers e da Rádio Universitária do Minho, rádio esta que estará presente e fará emissão especial a partir do gnration.

Para os próximos meses estão já anunciados mais três artistas da vanguarda da música eletrónica atual. Ben Frost (a 18 de março), Kode9 (a 24 de março, inserido na gnration club night) e Tim Hecker (a 9 de maio). A 11 e 12 de março terá lugar Flux, um espetáculo comunidade sobre luz e música, desenvolvido em parceria com o Agrupamento de Escolas Sá de Miranda / Escola Básica de Palmeira e com coprodução gnration e Digitópia / Casa da Música.

Em 2016, o gnration irá ainda arrancar com uma parceria entre o Laboratório Ibérico de Nanotecnologia (INL) e o Município de Braga, que proporcionará uma aproximação entre nanotecnologia e arte através de um programa que colocará artistas junto de cientistas, aproximando as duas áreas numa iniciativa de vanguarda.

Fala connosco, dá-nos a tua opinião!