Texto: Bruno Figueiredo

A pouco mais de uma semana para o festival, a cidade já sente o burburinho da música a borbulhar no ar.

nps2017-teaser


Já é quase uma experiência religiosa quando, ao arrancar do mês de Junho, se ruma ao parque da cidade para mais uma edição do NOS Primavera Sound, um festival que nos serve de um misto de montra dos novos e melhores nomes da cena musical internacional, assim como do life-style citadino que se faz sentir no público que preenche os relvados do festival.

Ainda assim, não é só 3 dias de festival que fazem a festa, e a programação do NOS Primavera Sound estende-se a mais alguns momentos, começando em jeito de celebração do dia Mundial da Criança, com a presença do palco Mini NOS nos jardins do Palácio de Cristal. A começar já hoje, pelas 11h30, o palco receberá a música do projecto “Mão Verde”, de Capicua e Pedro Geraldes, que é, além de um livro e de uma forma de sensibilização e intervenção, um concerto temático, em torno das plantas, da agricultura, da alimentação, dos cheiros das ervas aromáticas, da cor das flores e com uma clara motivação ecológica. A dupla será acompanhada em palco por Francisca Cortesão (Minta & The Brook Trout) e António Serginho (Retimbrar).

Já na sexta-feira, das 12h00 às 17h00, a música e animação sem rédeas ficam a cargo dos Throes + The Shine. Fundadores de novas correntes de música de fusão, entre os ritmos do kuduro e o rock, electrónica ou ainda, mais recentemente, novas sonoridades dos mais variados pontos do globo, sob a alçada da Discotexas. O festival afirma que esta escolha tem um objectivo muito claro: “proporcionar a todas as crianças e pais momentos lúdicos que irão juntar a música, dança e alguma interação, com componentes tecnológicas e interativas.”

Por fim, no dia 4 de Junho, Domingo, os jardins do Palácio de Cristal receberão o espectáculo de celebração dos 50 anos sobre o mítico álbum dos Beatles, “Beatle Battle – 50 anos de Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band”.

“Não pretendendo a reprodução integral dos temas dos Beatles, e tendo como ponto de partida o álbum Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band, a banda, em confronto direto, desconstrói os temas mais famosos da mais icónica banda do mundo, trazendo para a cena o público, num espetáculo dinâmico e interativo.”

Mas nem só os mais pequenos tem direito a música fora do Parque, e para isso, no dia 7 de Junho, a cidade do Porto recebe o aquecimento do festival em múltiplas salas da cidade. Substituindo o já típico “Primavera nas Virtudes”, este enorme momento musical leva mais de 20 nomes ao Hard Club, ao Café Au Lait, ao Maus Hábitos, ao Plano B e ainda ao Passos Manuel.

O evento, exclusivo a portadores de passe geral, que devem efectuar a troca por pulseira e cartão de acesso no Hard Club, entre as 15h e as 00h, traz consigo nomes nacionais e internacionais que prometem animar o dia, e a noite, de aquecimento para o festival.

unnamed

No Hard Club poderemos encontrar na Sala 1 Las Bistecs, Jessy Lanza, Shura e The Black Madonna e, na Sala 2, LINCE, Juana na rap e MVRIA. Já no Café Au Lait a programação arranca com DJ Lynce e continua com O Gringo Sou Eu e Hugo Capablanca enquanto o Maus Hábitos recebe Brutus, Mueran Humanos, DJ Nuno Lopes e La Flama Banca DJ set. A noite segue ao som da electrónica no Plano B com a presença de Surma e Borusiade na Sala Principal, Rui Maia e Moscoman em formato DJ set na Sala Cubo e ainda a actuação de UN0 na Galeria. Já no Passos Manuel, ganham destaque os ambientes visuais, com performances de Boris Chimp 504 e The Suicide of Western Culture, no Auditório, e DJ Kitten a tomar conta da Pista.

Assim, a cidade do Porto vibra em conjunto com o NOS Primavera Sound, antecipando 3 dias cheios de música no Parque da cidade.

Fala connosco, dá-nos a tua opinião!