Texto: João Craveiro & Mafalda Lalanda

O Lisboa Dance Festival vai decorrer no LX Factory nos dias 10 e 11 de Março. Os concertos estão separados em 4 palcos, a Fábrica XL, a Carlsberg Room, o Clube Antena 3 e o Kia Rio room. Fica a saber o que te espera nos diferentes palcos do primeiro dia do festival.

14712840_1080817935365067_4263093200768976334_o


A Fábrica XL é o “mainstage” do festival e vai ter os maiores nomes. Este ano não desaponta e começamos o dia com uma revelação do hip hop nacional, Holly Hood. De seguida, em estreia nacional, temos uma artista da editora britânica Hyperdub, Jessy Lanza, que vai apresentar o seu último álbum Oh No. Ainda vamos ter Jennifer Lee, mais conhecida como TOKiMONSTA. A artista que ganhou reconhecimento desde cedo ao lançar pela Brainfeeder, editora de Flying Lotus. A partir desse momento tem afirmado o seu nome na eletrónica ligada ao hip hop, tendo colaborado recentemente com Anderson Paak.

Para encerrar a noite teremos os artistas mais ligados à música de dança. Thomas Martojo e Casper Tielrooj formam a dupla Dekmantel Soundsystem e trazem com eles o grande legado do nome Dekmantel. Desde Boiler Rooms, a festivais, a uma editora, Dekmantel é um sinónimo de boa música e de certeza que nos vão fazer dançar.

Também a fechar a noite temos um dos nomes mais influentes do techno contemporâneo, Marcel Dettmann. DJ residente de um dos clubes mais exclusivos do mundo, o Berghain, que volta agora a Portugal para nos proporcionar algumas horas de batidas perpétuas.

O Clube Antena 3 é o espaço dedicado aos artistas selecionados pela Antena 3 e este ano tem lugar na livraria Ler Devagar.

livraria-ler-devagar16
Fotografia: Lisboa Cool

O primeiro dia vai contar com Ghost Hunt, duo português composto por Pedro Chau e Pedro Oliveira, depois Harold dos GROGnation com o seu novo álbum Indiana Jones, Dj Glue, um dos nomes mais importantes do hip hop nacional, que agora mantém uma residência mensal no Lux com as festas C.R.E.A.M, e o já conhecido Batida que desta vez prepara um radio DJ set para recriar o programa “BATIDA, o estado do grave no planeta!” da Antena 3 onde, há 10 anos, partilhava as novas tendências da música electrónica Lusa e Africana.

A Carlsberg Room no Zoot é o espaço dedicado às curadorias e nesta noite as seleções ficam a cargo de Luís Clara Gomes. Mais conhecido como Moullinex, este artista tem uma forte ligação à club culture e uma curadoria no Lisboa Dance Festival é um passo óbvio. Esperam-nos oito horas de DJ set contínuo em que Moullinex nos procura mergulhar no seu mundo combinando a música com a luz e o vídeo. Contará também com convidados, ainda por anunciar, mas que certamente vão manter o espírito que Moullinex desenhou para a noite.

Por último, mas não menos importante, a Kia Rio Room no The Dorm é o espaço dedicado às actuações back 2 back (B2B) e nela vamos poder contar com grandes nomes ligados ao hip hop e à música electrónica portuguesa. Entre eles, Sam The Kid, nome inconfundível do hip hop português, Rita Maia, DJ e radialista considerada uma “olheira” exímia de talento e Nitronious e Darksunn, ambos membros do colectivo Monster Jinx.

Aqui podes ainda tomar nota dos artistas presentes nesta sala no dia 10 de Março no Lisboa Dance Festival:

  • Davide Pinheiro B2B Vitor Belanciano
  • Rita Maia B2B DJ Satelite
  • Darksunn B2B Nitronious
  • Sam The Kid B2B DJ Big

Fala connosco, dá-nos a tua opinião!