Texto: Bruno Figueiredo

Ansiosos por voltar à piscina e à colina do Milhões, falamos de algo mais que podes ver e sentir enquanto estiveres por Barcelos.

milhoes-001


“10 anos a derreter fronteiras” é um slogan que com certeza mostra a importância que o festival, à beira Cávado montado, teve para o mundo da música em Portugal. A verdade é que, ainda que muito recente no panorama geral, o Milhões de Festa tem aberto portas ao mundo, com uma programação que se foi transformando e adaptando sem nunca perder o ímpeto inicial de trazer ao público nacional a melhor música nova, num ambiente descontraído, entre amigos.

Este ano, o regresso está marcado já para o próximo fim de semana com um painel para agradar aos mais variados “caçadores” de nova música e muito sol, mas este ano não nos ficamos apenas pela música. Antes ainda do arranque oficial do festival, encontramos a exposição Skatomize, uma ode à cena Skate que pretende trazer a rua para dentro de uma galeria pela mão de músicos, artistas plásticos, designers, writers, DJs e outros criativos. Começou por ser uma exposição de tábuas de skate com a intervenção de criativos de diferentes expressões, artes e talentos, organizada pela Kate Skateshop no Porto. A primeira edição realizou-se em 2007 para celebrar o “Go Skateboarding Day”. Tem abertura marcada para dia 19 às 18h com concerto de Mr. Miyagi e decorrerá de 20 a 23 de Julho na Casa do Vinho em Barcelos, entre as 15h e as 19h.

Para além desta exposição poderão ver a Mupy Gallery do Maus Hábitos, que se muda do Porto para as margens do Cávado durante o festival e que junta 10 artistas, Hernani Reis Baptista, João Costa, João Gigante, Miguel Januário, Sarah Klimsch, Hugo de Almeida Pinho, Daniel Pires, Rogério Ribeiro, Maria Bleck Holroyd Soares e Diogo Tudela, e as suas visões singulares sobre 10 anos do Milhões de Festa.

Já no dia 22, para os pássaros madrugadores, haverá um workshop especial pela mão dos faUSt, no Teatro Gil Vicente. Os alemães, donos de um indominável universo krautrock, foram, desde sempre, exploradores das mias variadas paragens electrónicas. Tudo isto, advém de um foco intensivo tanto no meio quanto no fim do seu processo de criação. Ou seja, os instrumentos e meios que usam para gerar som e criar música. As inscrições estão abertas até às 17h de dia 19 de Julho e deverão ser feitas através de e-mail, para o endereço geral@milhoesdefesta.com. Podem saber mais sobre o workshop neste Link.

No mesmo dia o Skate sai de novo à rua e, para além da exposição Skatomize, irá haver espaço para Milhões de Manobras. Assim, entre as 16h e as 22h, poderão encontrar, na Praça de Pontevedra, skaters a tentar expressar-se através da tábua, em busca da manobra vencedora, numa iniciativa co-organizada pela Kate Skateshop e pelo colectivo barcelense PAS12.

Ainda no dia 22 podemos contar com mais 2 actividades. Em primeiro lugar poderemos encontrara mais uma edição do mercado de edição independente “Necromancia Editorial”. Celebrando a sua 7ª edição, este mercado que está de regresso ao recinto do festival, contará com edições da Lovers & Lollypops, Chili Com Carne e Signal Rex, assim como peças do Gato Mariano, MMMNNNRRRG, Rui Moura e Xavier Almeida. Poderão ainda encontrar uma publicação especial da Chili Com Carne em jeito de celebração e 10 anos de Milhões de Festa.

Por último, mas não menos importante, realizar-se-a a finalíssima do torneio Milhões de Matrecos. O evento terá lugar no grandioso Estádio CROCS, patrocinado pela marca de calçado. O torneio, organizado em colaboração com o Praça da Alegria Futebol Clube e o Matrecos ou Matraquilhos, receberá assim, depois das pré-eliminatórias no Porto, em Lisboa e em Barcelos uma final onde tudo acontece, no recinto do festival, e conta com animação do insubstituível Paulo Cunha Martins em modo Rádio Popular ambulante.

Tudo isto e muito mais preencherá a programação do Milhões de Festa 2017. Os bilhetes estão à venda com o preço do passe geral a fixar-se nos 60€ e o diário nos 20€. Podes comprar o teu bilhete aqui.

Fala connosco, dá-nos a tua opinião!