Texto: Bruno Figueiredo | Fotografia: Luís Fardilha e Bruno Figueiredo

Juntámo-nos aos que decidiram partilhar o palco do TAGV com o trio indie, no passado Sábado.

Eram 21h30 quando as portas abriram. No meio do burburinho as pessoas entravam na sala apenas para descobrir que os seus lugares estavam um pouco mais afastados do que o costume.

Bem lá à frente, ao fundo do TAGV erguia-se novamente a bancada improvisada sobre o palco, com uma lotação mais reduzida, para o concerto do trio mais “indie” da cidade de Coimbra. E assim foi. Faltavam uns segundos para as 22h00 quando Joana, Henrique e Jerónimo subiram a palco para uma noite em familia, rodeados de amigos e fãs de longa data, em mais um concerto de promoção do seu novo trabalho “Let’s Pretend the World has Stopped”.

A noite seria para que todos pudéssemos ouvir “dois terços” do novo trabalho, dizia Jerónimo ao abrir o concerto.

Assim, seguimos noite dentro ao som de novos temas, como o single “Partners in Crime“, “I’m Leaving This Town” ou “Springtime”, passando ainda por “clássicos” como “Instead of Watching Telly” ou “Byellow Leaf”. Tema atrás de tema, todos acompanhados de histórias do dia-a-dia, desde o facto de o Henrique já ter televisão, ao adeus sentido à gata chamada de “Andorinha” ou à já conhecida história da competição dos 1000 beijos em Cardiff. Ainda assim, a noite não acabou sem a devida referência à entrevista que nos deram, horas antes, entrevista essa que inclui um momento de alto nível de entretenimento quando Henrique decide mostrar os seus dotes de bailarino.

Bem perto do fim, mas antes ainda do encore, houve ainda espaço para uma pequena homenagem ao nosso Afonso Bastos, com o tema “High on Love Songs“, do qual o mesmo participou no videoclipe.

A noite terminou uma hora depois de começar, debaixo de aplausos e com uma sensação de calma, que só a música deste trio nos traz. Restou a confusão à saída, em volta dos tão afamados vinis transparentes, e um “até à próxima” largado no ar a estes nossos amigos que temos acompanhado na sua jornada musical.

Fala connosco, dá-nos a tua opinião!