Texto: Culturarte | Fotografia: Carina Leitão

Ana, Gobi Bear e Quinta Feira 12 preencheram um line-up natalício no 4º andar mais badalado da cidade do Porto.


Ana, Gobi Bear e Quinta-feira 12 foram os protagonistas da noite em que a Planalto Records ocupou lugar no Maus Hábitos – Espaço de Intervenção Cultural, no Porto.
A iniciar a série de concertos, esteve Ana. Em registo de one man band, Ana assume-se como “a repetição e a inversão; a mudança e a evolução”. “Dia 3” foi a sua carta de apresentação, com um ar bem aprumado. Este ano promete revelar o seu disco de estreia, mas até à data mostrou o que vale no Maus Hábitos. Mostrou-se audaz na exploração da sua guitarra acústica, entre dinâmicas, e deixou todos curiosos para o que haverá de vir.
De seguida, e considerado por muitos como “um dos singer-songwriters mais habilidosos e entusiasmantes da música portuguesa”, o palco pertenceu a Gobi Bear. Acompanhado pela sempre adorável Emmy Curl, Gobi Bear mostrou justificativos para todos os “rótulos” que já lhe possam ter posto. Com uma guitarra simples viajante entre distorções, o músico desvendou parte do seu alter-ego em palavras soltas, entregues a uma voz muito meiga que enterneceu toda a gente.
Por último, e não em último, foi a vez dos Quinta-feira 12 subirem ao palco. João Correia, Rodolfo Jaca, Pedro Freitas, Pedro Correia e Carlos Afonso deram dimensão ao espaço, num misto cativante entre voz, guitarras, baixo, teclas e bateria. Com “Fisco” na manga, a banda mostrou-se dona de uma fusão de agrura e esperança envolta numa suavidade e meticulosidade melódica apaixonante, sem medo de usar os contornos da sua lingua-mãe – por vezes dificeis de limar. De fiasco só lhe vimos o nome e, por outro lado, abriu-se-nos a curiosidade para explorar mais deste projecto.

Fala connosco, dá-nos a tua opinião!