Texto: Cultur’Arte Mag | Fotografia: Joana Mairos

O concerto que agiu como um ponto final para o festival foi, também, a terceira noite esgotada do mesmo.


Ao fim de quatro dias cheios de música que ressaltaram entre as duas margens do Mondego, em concertos no Salão Brazil e Convento São Francisco, o Salão Brazil foi a sala escolhida para terminar esta edição do Jazz ao Centro – Encontros Internacionais de Jazz, não fosse essa a casa mãe do Jazz ao Centro Clube, responsável maior pelos encontros.

O guitarrista Marc Ribot e os seus Ceramic Dog foram assim a escolha ideal para um final estrondoso em mais uma edição de sucesso do festival. Talvez pela excelente escolha de parceiros de Ribot que, no baixo e na eletrónica, convidou Shahzad Ismaily (Ben Frost, Carla Kihlstedt, Sam Amidon e Josephine Foster) e Ches Smith (dos Xiu Xiu, Secret Chiefs 3) na bateria.

Fala connosco, dá-nos a tua opinião!