Texto: Cultur’Arte Mag | Fotografia: João Duarte

Adolfo e o seu bando arranjaram uns amigos e foram por aí passeando. Desta vez pararam no Convento São Francisco.

Dando uso assim ao recém estreado auditório-mor da cidade dos estudantes, os Mão Morta, na companhia do agrupamento de música contemporânea, Remix Ensemble, trouxeram desde Braga o seu novo espectáculo.

A noite foi então de sala cheia e, como sempre, de ambiente negro como só os Mão Morta sabem criar, mas desta vez, com um toque orquestral.

Fala connosco, dá-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.