Texto: Cultur’Arte Mag | Fotografia: Joana Mairos

Depois dos fados de Coimbra e da típica serenata, a Latada arrancou as noite do parque ao som dos ritmos africanos.


Arrancou ontem mais uma edição da Festa das Latas e Imposição de Insígnias em Coimbra. A festa que dá todos os anos as boas-vindas aos novos alunos da academia, voltou também com as noite no parque, a arrancar 5 dias de concertos com um dia dedicado aos ritmos africanos.

Todas as noites prometem arrancar ao som de um grupo académico e ontem, sendo o primeiro dia, não foi excepção. Assim a Quantunna foi a primeira a inaugurar o palco maior do recinto. Depois seguiram-se, então, os nomes da noite. A arrancar com as sonoridades africanas Laise Sanches, e logo depois Nelson Freitas, um já repetente do Parque da Canção, encheram o recinto do calor e energia.

A noite acabou aí para nós, mas foi o DJ Superior que levou os estudantes noite a dentro, para um ponto final cheio de pandeiretas e guitarras ao som do Coral Quecofónico do Cifrão e da Phartuna.

Fala connosco, dá-nos a tua opinião!