Texto: Bruno Figueiredo | Fotografia: Bruno Figueiredo

Foi no passado sábado, dia 25 de Junho, que a esplanada do Aqui Base Tango recebeu mais uma matiné de rock com os concertos ERRO CRASSO.

Desta vez, a atenção foi dividida entre o punk enérgico dos 800 Gondomar e a batida aliciante dos Pista. Mas comecemos pelos 800 Gondomar e o arranque de um concerto sem travões.

O trio portuense chegou ao “palco” à sombra do chapéu, sob o sol sufocante que por aquela altura ali incidia. Assim, de cerveja fresca na mão seguiram em frente, lançando tema atrás de tema sempre agarrados aos instrumentos como se não houvesse um amanhã. Abrindo com “Funk”, passando por “Lenny” e chegando até a um encore, sem t-shirt, com o tema “Cabeçudo”, os jovens músicos que chegaram “a abrir” foram embora e deixaram-nos com a sensação de que faltava algo mais.

Seguiu-se então o outro trio, vindo de um lugar bem mais a sul: o Barreiro. Os Pista são já repetentes no que toca ao ciclo ERRO CRASSO, mas desta vez trouxeram ainda mais energia. Ao som do arranque da bateria era impossível ter os pés parados no chão. Êxitos como “Sal Mão”, “Bamboleio” ou “Puxa” deram o mote para os poucos, mas bons, que lá iam dando um pé de dança, tendo este último tema direito a repetição num encore que, embora sobre o esforço de uma banda deixada no seu limite, por obra do calor, não falhou ao ritmo do restante concerto, animando os presentes. No fim, despediram-se com um “adeus e até breve”.

Fala connosco, dá-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.