Manuel Göttsching, mentor dos projetos Ashra e Ash Ra Tempel prometiu e cumpriu uma viagem de 58 minutos pelo krautrock proporcionada por esta obra revolucionário na história da música.

Foi assim que o Teatro Académico Gil Vicente recebeu, na passada sexta-feira, integrado no programa da 18ª Semana Cultural da Universidade de Coimbra, o alemão Manuel Göttsching, um dos nomes maiores do krautrock, para tocar na integra e 35 anos depois do lançamento, o seu disco E2-E4, trabalho este considerado uma das obras-primas da eletrónica.

A primeira parte do esteve a cargo do novo projeto de Luís Fernandes (The Astroboy), Landforms.

Fala connosco, dá-nos a tua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.